Carregando.
Aguarde.

menu

(11) 3091-4464

[email protected]

04/10/2016

HomeNoticiasPeixe peçonhento tem molécula com ação potencial contra esclerose
HomeNoticiasPeixe peçonhento tem molécula com ação potencial contra esclerose
Peixe peçonhento tem molécula com ação potencial contra esclerose

Peixe peçonhento tem molécula com ação potencial contra esclerose

Peter Moon  |  Agência FAPESP – Quando se pensa em um peixe venenoso é comum lembrar da imagem de um baiacu inflado como um balão. No baiacu – designação popular de diversos peixes da ordem dos Tetraodontiformes –, o veneno está na carne. Comer a carne não tratada para a retirada da toxina pode levar à morte.

O baiacu é venenoso, mas não é peçonhento: não tem presas nem espinhos para injetar toxina em suas vítimas e, desse modo, imobilizá-las. O niquim (Thalassophryne nattereri), habitante de águas rasas, tem tudo isso.

Leia a reportagem completa em: http://agencia.fapesp.br/peixe_peconhento_tem_molecula_com_acao_potencial_contra_esclerose/24058/

Voltar