Carregando.
Aguarde.

menu

(11) 3091-4464

[email protected]

01/12/2016

HomeNoticiasPesquisadores da Unifesp descrevem primeiro caso de glaucoma congênito decorrente do vírus zika
HomeNoticiasPesquisadores da Unifesp descrevem primeiro caso de glaucoma congênito decorrente do vírus zika
Pesquisadores da Unifesp descrevem primeiro caso de glaucoma congênito decorrente do vírus zika

Pesquisadores da Unifesp descrevem primeiro caso de glaucoma congênito decorrente do vírus zika

A possibilidade de um vírus causar glaucoma congênito abre novas perspectivas nas pesquisas sobre o tema

Por Ana Cocolo

Além das lesões oculares – principalmente na retina e no nervo óptico – em bebês infectados pelo vírus zika já reveladas, um novo problema aumenta o alerta sobre Síndrome da Zika Congênita e sobre seus efeitos cada vez mais surpreendentes e devastadores.

Essa é a primeira vez que é descrito na literatura científica a presença de glaucoma congênito em um bebê com comprovada infecção pelo vírus zika. Doença rara e grave, pois pode levar à cegueira permanente, o glaucoma congênito é caracterizado pelo aumento da pressão intraocular em crianças portadoras de má formação nos olhos. 

Leia a reportagem completa em: http://www.unifesp.br/noticias-anteriores/item/2547-pesquisadores-da-unifesp-descrevem-primeiro-caso-de-glaucoma-congenito-decorrente-do-virus-zika

Voltar